Sexta-feira, 6 de Julho de 2018

SABER QUEM SOMOS

 

Quem somos.png

SABER QUEM SOMOS

 

Não sei se fomos namorados,
Ou se amantes e disfarçados,
Olhando por entre as janelas,
À noite, contando as estrelas.

 

Olhando no além das colinas,
Coladas vestes, leves e finas,
Aromas suaves, sabor a mel,
Dedos marcados, oculto anel.

 

Dias e noites, que marcaram
E nas palavras que deixaram,
Nesse silêncio, a altas horas.

 

E dando voltas ao escondido,
Eis a entrega a tão merecido,
A que não existem demoras.

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 13:22
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 5 de Julho de 2018

MEU TROTE E GALOPE

 

Meu trote e galope.jpg

MEU TROTE E GALOPE

 

Trope-trote, trope-trote...
Sigo, no meu melhor trote,
Ao longo de esguia estrada
E que há muito procurada.

 

Trote-trope, trote-trope...
Avanço, soltando o galope,
Numa mui doce cavalgada,
Por orla bem demarcada.

 

Não quero nenhuma sela
E mesmo freio nos dentes,
Ou algo que tenha fivela.

 

Correr livre, sem arreios,
Crina solta, como dantes
E por sulcos, sem rodeios...

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 23:08
link do post | comentar | favorito

ESSE SILÊNCIO QUE FALA...

 

Silêncio do Alentejo I.jpg

ESSE SILÊNCIO QUE FALA...

 

São soltas cavalgadas de corcel,
Desfecho campal, ou de quartel
E em desejos demais maduros,
Por cantos um tanto inseguros
E tu, perdida, nos teus anseios,
Ou sacudindo esses teus seios...
Quem sou, ou que mais desejas,
Nos instantes em que me beijas?
Cheira-me, em ti, o tal perfume
Dos campos loiros e qual ciúme
E um calor que me fazes sentir,
No olhar, nesse jeito de sorrir,
Papoila e na luz sobressaindo,
Vermelha, ao longe reluzindo,
Escarlate, que a ti me conduz
E, por entre searas, me seduz...
Ai, tanta extensão da savana,
Nessa força, alma alentejana,
Esse silêncio que fala comigo,
Num odor de centeio e trigo!...
São, tuas soberbas ondulações,
Mais que oníricas provocações...

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

 

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 21:51
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 2 de Julho de 2018

PENSAMENTOS DE TOSCO

 

Pensamentos.jpg

PENSAMENTOS DE TOSCO

 

Sento-me a este canto, num tropeço,
Este banco tosco, pregos de madeira,
Neste pensamento e que tão mereço,
De teorias soltas e de minha maneira.

 

Levam-me ao longe, outras paragens,
Viagens de um papel, loucas e calmas,
Testemunho de majestosas miragens
E troca de conversas por outras almas.

 

Discussões amenas, outras bem acesas,
Por meio de cante e troca de opiniões
E silêncio do montado, sem confusões.

 

Porém, olho o espaço, minhas defesas,
Mergulho nesta total e velha calmaria,
Navegando o sonho, que tão merecia...

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 13:28
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
15
16

19
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. TEMPO QUE TEMOS

. BASTA, JÁ CHEGA!...

. AMIGO, FIEL E OBEDIENTE.....

. EU, PAI, ME CONFESSO!...

. Sociedade sem rumo, nem v...

. SOCIEDADE DE INDOLENTES.....

. CIDADÃO EXEMPLAR...

. LÍNGUA E ARMAS AFIADAS

. SEMEANDO NO AGRESTE...

. INFINDÁVEIS QUESTÕES...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub