Domingo, 18 de Outubro de 2020

OLHANDO O FIRMAMENTO...

 

Viriato II.jpg


OLHANDO O FIRMAMENTO...

 

Não, não serei o único,
Nem o primeiro a olhar o céu,
Naquele olhar tão pudico,
Mas disfarçado sob um véu!...
Não serei o derradeiro,
A olhar essa imensidão,
Do azul do firmamento,
Observando as aves que voam,
Em distâncias que não perdoam,
No imenso do momento!...
Não serei o último guerreiro,
Nesta revolta à podridão,
Pois que, – esperem! –, outros virão,
Sedentos de vingança e razão!...
Não, não serei o despertar,
Porquanto o tempo será história,
Ficando para a memória,
De quem não queira acreditar!...
Serão desenterrados os mortos,
Os heróis e tanto esquecidos,
Que levarão, ao Inferno, uns quantos
E precisando de ser derretidos!...
Virão, pelo luar, cavaleiros da justiça,
Lutando pela mudança,
Rebuscando, entre a preguiça,
A vitória de melhor esperança!...
Não, não serei qual deus nórdico,
Ou centurião de Roma antiga,
Quiçá, justiceiro espartano,
Viriato, vermelho sangue lusitano,
Num segredo de qualquer pórtico,
Por este país e de sorte mendiga!...
Não creio que, de tantos, seja o primeiro,
De quantos mais e necessários serão,
Em outros tantos colocados no fumeiro,
Para que tal pátria volte a ser uma nação!...

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 22:38
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.pesquisar

 

.Dezembro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. AGRADEÇO TUDO E NADA

. TAIS FANTASMAS

. AMANTE DO EXTENSO

. BEIJAR ESTE CHÃO QUE PISO

. ARRASTA-SE A SOCIEDADE

. SAUDADES DO QUE NÃO FIZ

. ALMA CRÍTICA

. CHURRASCADA...

. AQUELA PARTIDA...

. NINFA E MUSA DOS OLHARES

.arquivos

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds