Domingo, 10 de Janeiro de 2021

NÃO SE ENERVEM...

 

Não se enervem....jpg

NÃO SE ENERVEM...

 

Criaturas, nada me devem,
Portanto, deixem-se disso,
Sorriam, não se enervem,
Pois não ficarei submisso!

 

Porém, não cantem vitória,
Por vossos actos e atitudes,
Pois não irão fazer história,
Nessas águas sem açudes!...

 

E tampouco formarão rios,
Em telas por mim pintadas
E serpenteando sem brios...

 

É altura de arrumar ideias,
Alcançando outras escadas
E deixando-se de tais teias!...

 

Manuel Nunes Francisco ©®
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 22:23
link do post | comentar | favorito

CANTORES DE GALO

 

Cantores de galo.jpg

CANTORES DE GALO

 

Todos cantam de galo,
Enquanto têm poleiro,
Fazendo de outrem vassalo
E quando lhes dá o cheiro!...

 

É vê-los cantarolar,
De belo papo inchado,
Procurando onde cagar...
Em cima de um desgraçado!

 

Só que um dia o milho acaba,
Ou mesmo o tempo se esgota
E ao alguidar vão parar...

 

Prontinhos para depenar,
Com o lume batendo à porta
E em que alguém os enraba!...

 

Manuel Nunes Francisco ©®
    - Imagem da net -
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 01:52
link do post | comentar | favorito
Sábado, 9 de Janeiro de 2021

PROMESSAS...

 

Promessas...jpg

 

PROMESSAS...

 

Assentem esses pés na terra,
Deixem-se de conto fiado,
Não oiçam quem tanto berra
E tanto vos deixa de lado...

 

Promessas, leva-as o vento,
Quantas vezes sem destino,
Por campos de julgamento,
De gentes de um falso tino...

 

Canalha, imagens de santos,
Caindo de um qualquer altar
E talhados para nos ludibriar...

 

Proliferam por míseros cantos,
Cheios de venenos para cuspir
E sobre tal gente que os ouvir!...

 

Manuel Nunes Francisco ©®


Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 22:20
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2021

CÉLERE PASSAGEM

 

Célere passagem.jpg

CÉLERE PASSAGEM

 

Esta passagem são dois dias,
Sendo que um findou ao nasceres
E vais-te esquecendo do que querias,
Numa luta e atrozes padeceres...

 

Vais-te acostumando ao que resta,
Convencido no quanto vale,
Vendo-o a espreitar pela fresta
E sem que ele por ti se rale...

 

Até a mim já me convence,
Arrastando-me pra confusão
E de mansinho tal me vence!...

 

Que outra coisa restará fazer,
Senão alinhavar severa ilusão,
Cuja meta final não é prazer?!...

 

Manuel Nunes Francisco ©®
    - Imagem da net -
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 22:51
link do post | comentar | favorito

IMORTAIS

 

Imortalidade II.jpg

IMORTAIS

 

Imortais, nunca sobreviventes,
Uns tanto menos e outros mais,
Por aqueles que recordaremos,
Em túneis de orgulhos celestiais
E pela longevidade dos tempos...
Por aqueles de melhores obras,
Sendo quaisquer as que forem,
Desde que humildes, honestas,
Distantes no veneno de cobras,
Sentimentos em pratos limpos
E, portanto, vindouros adorem...
Serão esses os imortais e vivos
E que, partindo, nunca morrem,
Passeando, como ventos alísios
E guardas, nos céus mais altivos,
Ou nos escutando pelas frestas
E quantas vezes de confidentes,
Naquilo que por mais tememos,
À porta e a que os sinos dobrem,
Ou que sonhos nos sejam vazios!...
Bem-hajam, quantos os imortais
E por mente ficam, ou pedestais!...

 

Manuel Nunes Francisco ©®
    - Imagem da net -
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 17:20
link do post | comentar | favorito

ANIVERSÁRIO QUE ME TOCA

 

Aniversário que me toca.jpg

ANIVERSÁRIO QUE ME TOCA

 

É caricato, mas é verdade,
Pois também tenho aniversário!...
E pelo qual não tenho ansiedade,
Por mais a tal adversário!...

 

Ninguém gosta de ficar velho,
Mas todos anseiam comemorar!...
Olhem-se, gente, ao espelho
E vejam os anos a galopar!...

 

Hipocrisia e ideia controversa,
De quem não ousa pensar
E alinhando em tal conversa!...

 

A vida é para festejar,
Não os anos a passar
E numa corrida a terminar!...

 

Manuel Nunes Francisco ©®
    - Imagem da net -
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 00:10
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 7 de Janeiro de 2021

SINTOMAS DO TEMPO

 

Corrida contra o tempo.jpg

SINTOMAS DO TEMPO

 

É isto, tudo o que me resta,
Uns ossos um tanto enferrujados,
Algumas peles cheias de rugas
E que se espelham na testa,
Uns olhos quanto encovados
E umas narinas em purgas!...
Pernas que vão protestando,
Sempre que vão andando,
Evitando arrastar as botas
E braços atrás das costas,
Ou de mãos nas algibeiras
E comentando umas asneiras!...
Um dia, talvez já muito perto,
Agradecendo o meu caminho,
Direi tais palavras, não tão esperto,
Mas seguindo e tão sozinho!...

 

Manuel Nunes Francisco ©®
    - Imagem da net -
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 03:55
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2021

VACINAÇÃO CEREBRAL...

 

Vacinação... II.png

VACINAÇÃO CEREBRAL...

 

De todas e quantas vacinas,
Das piores resta a cerebral
E por tamanha vida inteira,
Provando um dano mental,
Mesmo em gentes tão finas
E pela provocada cegueira!...

 

Essa e sim, é das mais fatais,
Ao que nada mais deixa ver
E tanto que mais expliquem,
A cérebro que não quer crer,
Por tanta seita de anormais
E num incerto a que fiquem!...

 

O mal é da cerviz para cima
E de tal não restem dúvidas,
Se lhes cortarem as cabeças
E colocarem por certa rima,
Verão as que ficam curadas,
Sem toxinas e sequer peças!...

 

Tudo não passa de opiniões,
De alguém e tanto anormal,
Quem recusando vacinações
E que nunca aceitou normal,
Mas aceitando o outro chão
E mesmo dando a comichão!...

 

Eis, presunção e água benta,
Cada qual toma a que quer
E num tanto o que aguenta,
Seja à quantidade de colher,
Ao que outros não a comam,
O quanto e tal lhes vendam!…

 

Manuel Nunes Francisco ©®
    - Imagem da net -
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 23:58
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Janeiro de 2021

SÓ DE IDA, POR FAVOR, SEM REGRESSO!...

 

Eu queria um bilhete de ida e volta.png

SÓ DE IDA, POR FAVOR, SEM REGRESSO!...

 

Quando chegar a hora, comprarei o meu bilhete,
Tão-pouco perguntarei o preço e sem preocupação,
No entanto, – sim! –, farei questão em ser só de ida,
Pois e por suposto, o Diabo já terá casa para mim,
Embora possa vir a pensar melhor e no de volta,
Não vá o gajo tecê-las e deitar-me de novo à solta!...
Levarei comigo, toda a minha bagagem de vida,
Do pior e que de melhor possuir no meu lembrete,
Fato novo, sapatos domingueiros, por antecipação,
Não queira Deus que faça escala por algum jardim,
Ou naquele azar de chegar num feriado,
Não podendo comprar vestes e tão amarrotado!...
Chegarei a horas certas, seja à partida e chegada
– E que o raio do transporte não se atrase! –,
Pois que terei marcada uma emocionante farra,
– Não que nesse destino de novo me case! –,
Mas porque me esperará uma insigne fanfarra,
Cuja se faça convívio, nalgum par de dança,
Pratos de iguarias, seguidos de bruta mariscada
E o deixado para trás não passe de lembrança!...
Vai ser comer, dançar e beber, até rebentar,
Tanto que o tempo, por tal lado, não irá faltar!...
Um bilhete, faça-me o obséquio, mas sem regresso!...
Como!?... Porquê é que estou assim vestido?...
Ah, não!... Não vou para nenhum congresso,
Mas porque nunca me aperaltei pelo devido!...


Manuel Nunes Francisco ©®
    - Imagem da net -
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 14:28
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2021

LIBERDADE ANTAGÓNICA

 

Os dois lados.jpg

LIBERDADE ANTAGÓNICA

 

A liberdade de outro termina,
Sempre que a minha começa
E sendo doutrina que domina,
Ao que tanto mais se esqueça!…

 

Nascemos com iguais direitos,
Em que o Sol nasce para todos,
Sejam eles quais os conceitos
E tanto mais discutidos modos!…

 

Tais valores a mim pertencem
E pouco mais havendo a fazer,
Portanto que não me forcem!…

 

Pois odeio virar-me certa fera
E de bons modos me desfazer,
Ao que não sou figura de cera!...

 

Manuel Nunes Francisco ©®
    - Imagem da net -
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

 

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 16:02
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
15

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. SENTADO NO CUME DO MUNDO....

. TANTOS LIVROS SAGRADOS

. LINGUAGEM SEM SENTIDO

. INOCÊNCIA QUE PERDEMOS

. MISTÉRIOS DA FÉ

. TUDO A SEU TEMPO...

. VIAGEM RESERVADA...

. TIQUE-TAQUE DE UM TEMPO

. SEM SENTIDO E COM RAZÃO.....

. MEUS TRILHOS DESBRAVADOS

.arquivos

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub