Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2021

CENSURA NO FACEBOOK - COMUNICADO...

 

Censura II.jpeg

COMUNICADO

 

Se dúvidas tivesse, deixei de as ter!... A sociedade portuguesa está mais que demonstrada, na sua opinião e castração pessoal, naquilo que procura e publica no facebook, lavagem de roupa suja, nada ultrapassando as lamechices do costume, obediência a um sistema e a sua perda de identidade pessoal! Quando alguém tem a ousadia de fugir à regra, denunciam-no à censura "facebookiana", que sabem estar ao serviço de um outro poder de censura... Tenho pena que tal gentalha não olhe em seu redor, esquecendo que têm amigos, filhos e netos, sendo esses que tal factura irão pagar, num futuro não muito longínquo, numa obediência, censura e obstrução de liberdade de pensamento, apontando o dedo à merda de progenitores que os puseram a este mundo e, cada vez mais, execrável fossa de merda. Assim, tal como já tinha anunciado no passado, irei deixar de partilhar, embora lentamente no tempo, certas e determinadas publicações, pelo que terão de me seguir através da minha página do Twitter, livre de tanta censura, assim como gente sem carácter e falta de cultura, cuja designação e identificação se segue, bastando carregar na hiperligação https://twitter.com/francisfotoPRO ... Lamento esta decisão, não tomada de ânimo leve, tal como qualquer inconveniência a possíveis lesados, na sua inocência, pagando por aqueles energúmenos da sociedade em questão. Bem-hajam, os que me têm seguido e continuarão, – certamente! –, na saúde e liberdade de expressão...


Manuel Nunes Francisco ©® https://twitter.com/francisfotoPRO

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 15:42
link do post | comentar | favorito

POR ENTRE AS GRADES

 

Por entre as grades III.jpg


POR ENTRE AS GRADES

 

Espreitam por entre as grades,
Das suas casas e feitas prisões,
Não são monges, nem frades,
Sequer gente, mas desilusões!...

 

Seres obedientes aos mandões,
Os quais, não sabendo mandar,
Lançam cinzas, dos seus serões,
Sem que saibam onde vão dar!...

 

Esses, sim, passeiam no melhor,
Gozam o prato e na vossa fome,
Sem ouvirem qual seja o clamor!...

 

Espreitem, despertem e pensem,
Não sejam parte de quem dorme,
Nem vivam o que eles esquecem!...

 

Manuel Nunes Francisco ©®
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 02:34
link do post | comentar | favorito

MORRINHA E PASSOS CALMOS

 

Morrinha e passos calmos.jpg

MORRINHA E PASSOS CALMOS

 

Chapinham os pássaros,
Coaxam a rãs,
Enquanto os corvos esvoaçam,
Num negro de cetim,
Espantados quanto a mim
E rumando a novo horizonte,
Sem que oiçam palavras vãs,
Deste transeunte do momento,
Em algo que de novidade conte,
Por algum breve pensamento,
Numa paragem de meus passos
E a qual nem sequer se esforçam...
Então sigo, entre pingos de chuva,
Aquela morrinha, molha-parvos,
Que me assenta como luva,
Mas calmante aos meus nervos...
Gente, essa nem vê-la,
Salvo nos veículos que passam,
Mortos-vivos e de pescoço erecto,
Em frente, testa inclinada ao tecto,
Adormecidos no jeito ao sustê-la,
Na suposta cabeça que encaixam...
Suave e serena, cai a morrinha,
Minha injecção de acalmia,
Que me sustenta a moleirinha,
Por toda esta melancolia...
E, um pouco além, um tareco mia,
Pelo oculto do pouco que já se lia
E eu parado, olhando ao redor,
Limpando pensamentos de dor!...
Já o crepúsculo se veste de escuro
E a luz artificial ilumina o caminho,
Já pouco se ouvindo, nalgum sussurro
E chegado o tempo de seguir sozinho...

 

Manuel Nunes Francisco ©®
    - Imagem da net -
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 01:46
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. LÍNGUA E ARMAS AFIADAS

. SEMEANDO NO AGRESTE...

. INFINDÁVEIS QUESTÕES...

. MERAS SUPOSIÇÕES!...

. ODEIO TANTO PAU-MANDADO!...

. EMOÇÃO E A RAZÃO...

. SOU UM LOUCO NOS ANOS...

. ABRIRAM-SE AS PRISÕES...

. OLVIDANDO LIMITES...

. PENSAR POR MEUS PENSAMENT...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub