Terça-feira, 18 de Dezembro de 2018

ESFOMEADOS QUE SÃO

 

Esfomeados que são I.jpg

Esfomeados que são II.jpg

ESFOMEADOS QUE SÃO

 

Uivam os ventos, como lobos,
À solta, pelos espaços da serra,
Enquanto, no vale, certos bobos,
Não percebem o que tal encerra...
Mortos-vivos, que olham, cegos,
Sem entenderem quem lhes berra,
Obcecados, nos mais ridículos egos
E que são parte de outra guerra...
Pobres dos que mais não vêem
E outro tanto não querem crer,
Por mais conselhos que lhes dêem,
Morrendo num quanto sofrer...
Uivam os lobos, que os chamam
E, por tão famintos como eles,
Pedaços de comida reclamam,
Para que se encham tais peles...
E quão esfomeados que andam,
De mais pobres e demais que são,
Já sendo mais os que choram,
Aos que acreditam na razão...
Erguem-se as mãos ao alto,
Numa esperança de salvação,
À beira do abismo e do salto
E um aperto no coração...
Sem força, alma, qual calor,
Pelas estradas deste mundo,
Frios, pobres e sem amor,
Abandonados e bem no fundo...
Uivam os ventos, às suas dores,
Que mais não podem dar
E já se sentem rumores,
De outra guerra a começar...
E lá descem outros facínoras,
A lobos e uivos muito piores,
Dos quais fogem as víboras
E que são santos os malfeitores...
Pois que aldrabam e matam,
Sem nunca darem nas vistas
E sem pena de quem esfolam,
Mesmo dos quais são visitas...
Calam-se os ventos, já sem forças,
Recolhem-se os lobos ao covil,
Não vá o Diabo partir-lhes as norças,
Ou comer-lhes algum pernil...
Acolhem-se os miseráveis, em lágrimas,
Quedos, sem argumentos e acções,
No maior silêncio das palavras
E medo de tantos ladrões...

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 21:18
link do post | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. LÍNGUA E ARMAS AFIADAS

. SEMEANDO NO AGRESTE...

. INFINDÁVEIS QUESTÕES...

. MERAS SUPOSIÇÕES!...

. ODEIO TANTO PAU-MANDADO!...

. EMOÇÃO E A RAZÃO...

. SOU UM LOUCO NOS ANOS...

. ABRIRAM-SE AS PRISÕES...

. OLVIDANDO LIMITES...

. PENSAR POR MEUS PENSAMENT...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub