Quarta-feira, 1 de Novembro de 2017

OBRA

 

Obra.jpg

OBRA

 

Quantas vezes questiono o que é obra?!...
Obra, no mais determinado sentimento,
É liberdade de expressão que nos sobra
E indiscutível arte, sem mais argumento.

 

Obra, é tudo o que demais superior resta,
Por de mais criticada, odiada, que tal seja,
Sendo tanto o que de soberbo mais atesta
E que mais perfeito, puro, o artista deseja.

 

Obra, é o mais profético caminho traçado,
A quem mais preza a liberdade na solidão,
Nalguma esperança e do mais desgraçado,
Anotado de louco varrido, nalguma razão.

 

Todos os obreiros, na sua arte, serão zeros
Omissos, à esquerda, como se matemática,
Em que o número falará por si nos tempos,
Numa mais influente manifestação gráfica.

 

Obra, será o traço incógnito neste Universo,
Num caminho percorrido pelo maior idiota,
Perseguido ao seu conceito, de tão adverso,
Ao qual, enquanto carne, se fechou a porta.

 

Obra, será tudo e quanto de mais indistinto,
Na terrível incompreensão de tanta loucura,
A que ao mais comum dos mortais será mito,
Mas que num espaço do tempo será perdura.

 

Obra, será sempre algo imaginado de novo,
Por mais simplista que seja a sua formação,
Mais singelo, ou erudito, que seja um povo,
Sendo importante o que feito por devoção.

 

E obra não será só arte figurativa, mas a arte
De resistir a tudo e a todos, em pensamento
E uma marca no tempo, ficando quem parte,
De quem, para a obra, não existiu momento.

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 14:21
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
15

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. SENTADO NO CUME DO MUNDO....

. TANTOS LIVROS SAGRADOS

. LINGUAGEM SEM SENTIDO

. INOCÊNCIA QUE PERDEMOS

. MISTÉRIOS DA FÉ

. TUDO A SEU TEMPO...

. VIAGEM RESERVADA...

. TIQUE-TAQUE DE UM TEMPO

. SEM SENTIDO E COM RAZÃO.....

. MEUS TRILHOS DESBRAVADOS

.arquivos

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub