Sexta-feira, 8 de Maio de 2020

POETA E TALVEZ LOUCO

 

Poeta e talvez louco II.jpg

POETA E TALVEZ LOUCO

 

Sou um poeta, mesmo que aprendiz,
Sento-me à mesa da escrita
E delicio-me com as palavras,
Sejam elas curtas, ou de mais letras,
Tanto numa revolta maldita,
Como madrigálicas sensações,
Mas sou poeta e vivo de ilusões,
Não escrevo textos para canções,
E tampouco orações...
Disperso-me por valores humanos,
Emoções arrebatadas,
Alguns indícios profanos,
Crítica e romantismo,
Nalgumas frases mal lavradas,
Envoltas num secretismo
E valendo ao que condiz...
Nunca esquecendo que sou poeta,
Uma vezes sóbrio, outras mais pateta
E sempre no caminho mais céptico,
Por este Universo patético...
Ah, mas sei o quanto sou lírico,
Disperso por quantos sonhos,
Saboreando ócios em que fico,
Aquando momentos risonhos!
Sou poeta, talvez palhaço,
Rindo-me daquilo que escrevo,
De tudo aquilo que faço,
Escondido por este espaço...
E choro, sem arrependimento,
Tentando pulso de melhor traço,
Em vocábulos que não devo
E sem qualquer consentimento.
Sou poeta, neste meu punho,
Levantado a quem merece,
Por protestos de meu cunho,
Ferro em brasa, que nunca arrefece...
E levando porrada, sem limites, nem fim,
Por quem me tenta moldar,
– Sou poeta e pobre de mim! –...
Tentem, pois não me conseguirão mudar!...
Sou uma caixa de surpresas, de Pandora,
Seja por estas bandas, ou pelo mundo fora!...
Alimento-me naquilo que o coração diz
E vomito, sempre que esteja farto,
Tanto seja cobra, ou lagarto,
Quer saborosa carne de perdiz...
Sou poeta, talvez o suficiente de louco,
Enquanto e de mim, vocês têm pouco!...

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 22:59
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
15

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. SENTADO NO CUME DO MUNDO....

. TANTOS LIVROS SAGRADOS

. LINGUAGEM SEM SENTIDO

. INOCÊNCIA QUE PERDEMOS

. MISTÉRIOS DA FÉ

. TUDO A SEU TEMPO...

. VIAGEM RESERVADA...

. TIQUE-TAQUE DE UM TEMPO

. SEM SENTIDO E COM RAZÃO.....

. MEUS TRILHOS DESBRAVADOS

.arquivos

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub