Sábado, 22 de Julho de 2017

ROUBEM-NOS TUDO!

 

Ganância.jpg 

ROUBEM-NOS TUDO!

 

Roubem-nos tudo, menos a dignidade;
Roubem-nos o que trazemos no corpo,
Deixem-nos despidos, sem nada nosso,
Levem tudo, mesmo o que não é vosso.
Roubem-nos as migalhas, em impostos,
Pois somos um povo de bem-dispostos,
Massacrados, enganados, sem maldade,
Em paz, mesmo com a cabeça no cepo...
Orquestrem o favorecer à expropriação,
Uso e abuso nos direitos de propriedade
E toquem a vossa melodia de usurpação,
Não interessa como, sem dó ou piedade.
De nada tenham medo... e roubem-nos,
Tal que somos impávidos, mas serenos!
Cortem-nos as veias e vendam a carne,
Engarrafem as nossas já pobres lágrimas
E bebam-nas, nos vossos festins e farras;
Convidem para a festa a melhor fanfarra,
... O zé-povinho paga e lança os foguetes!
Nas nossas costas, troquem de galhardetes
E nunca nos temam... já não temos garra!
Tão-pouco unhas, para coçar algum acne,
Pois que até essas nos roem para vender
E nos espremem à última gota de sangue,
Nos sugam as entranhas a seu bel-prazer,
Na faminta fera, raivosa, que nos segue.
Roubem-nos tudo do que já nada temos,
Obriguem-nos ao trabalho e sem salário,
Dia e noite, sem qualquer tipo de horário,
Sirvam-se do vosso estatuto de usurários,
Sem a mínima compaixão aos sofrimentos
Daqueles que tal exploram como escravos;
... É para isso que vos colocamos no pódio.
Deixem-nos nus, sem cêntimo na carteira,
... Deixem o pó que nos resta na algibeira!
Saboreiem o prazer de todo este meu ódio...

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )

sinto-me:
tags:

publicado por francisfoto às 11:41
link do post | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. LÍNGUA E ARMAS AFIADAS

. SEMEANDO NO AGRESTE...

. INFINDÁVEIS QUESTÕES...

. MERAS SUPOSIÇÕES!...

. ODEIO TANTO PAU-MANDADO!...

. EMOÇÃO E A RAZÃO...

. SOU UM LOUCO NOS ANOS...

. ABRIRAM-SE AS PRISÕES...

. OLVIDANDO LIMITES...

. PENSAR POR MEUS PENSAMENT...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub